Gato agressivo: o que pode estar fazendo o bichano ficar bravo? 

Gato agressivo
(Reprodução)

Quem tem gatos, sem dúvida, tem um amor incondicional pelos bichinhos. Sendo assim, quando não é possível ter uma boa relação com o bichano, devido a agressividade, é uma situação triste. Um gato agressivo pode trazer diversas complicações e, em casos extremos, é necessário evitar contato.

gato agressivo o que fazer
(Reprodução)

Como essa opção é a última possível, entenda o que pode fazer seu gato ficar violento e como lidar com isso. Em suma, os gatos costumam ser muito tranquilos. Dormem boa parte do dia e brincam de forma amistosa. Claro que é praticamente impossível encontrar um dono de gato que nunca tenha sido arranhado ou mordido.  

Portanto, o fato de o gato arranhar ou morder, nem sempre está ligado a agressividade. Mesmo assim, o comportamento do gato precisa ser avaliado para tornar a relação segura. Em primeiro lugar, é bom lembrar que problemas de saúde podem deixar o gatinho bravo. Sendo assim, o primeiro passo é procurar um veterinário. 

Gatinho bravo
(Reprodução)

Há especialistas em comportamento que, certamente, poderão trazer soluções quanto à forma como o gato está agindo. Essa especialidade é mais comum do que parece. Em resumo, juntando a ação de um veterinário e de um especialista em comportamento, ficará mais fácil entender o motivo da agressividade do gato. 

Gato agressivo: motivos da irritação 

O gato pode ficar na defensiva se sentir medo, por exemplo. Então garanta que ele se sinta seguro. Ele tentará proteger o território e a comida dele, portanto, espere que ele se acostume e entenda que você não é uma ameaça.

Agressividade gatos
(Reprodução)

Algumas pessoas trarão cheiros que incomodarão o bichano. Enfim, se ele estranhar uma pessoa, pode ser que esse humano tenha um odor que o incomoda. Por outro lado, se ele fica agressivo com todas as visitas, é razão para procurar ajuda. 

Quando o gato está com dores ou desconfortos, ele pode acabar atacando. É um sinal de alerta de que seu bichano precisa de ajuda. Durante a brincadeira, por exemplo, o gatinho pode se empolgar e machucar as pessoas ou outros animais. Em suma, se for esse caso, reveja a forma de brincar. 

gato com medo
(MIKHAIL VASILYEV)

O que você deve fazer é procurar anotar o que está acontecendo e relatar ao veterinário. Ou seja, se o comportamento é fora do comum é um sinal mais forte. Por outro lado, se seu gato é agressivo constantemente, talvez seja um problema comportamental. 

Leia também: 

Gato Gordo: O que fazer para animar o bichano 

Dicas de economia com seu gato: 5 formas seguras de gastar menos 

Gato ansioso: 5 formas de tratar a ansiedade do seu gatinho 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *